Paginas

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

I Soul

       As inexplicáveis sensações que me encontro seria um grande desafio para aborda-las em simplesmente palavras, os sentimentos são algo tão inefável e difíceis de ser exibidos  subliminalmente como deveriam serem descritos.
                
     Ora, me diga o que faço com o turbilhão de sentimentos que se encontra aqui? Há palavras que ficam em contidas e pensamentos oblíquos que me levam a um passo do abismo da desistência, quero saber o que tem além do que vejo, além do que desejo,  além das montanhas das minhas desilusões e  intermináveis dúvidas; sinto como se minha alma sobrevoasse sobre os "mundos" e além do que existe e de que meus olhos permitem enxergar, porém minha alma entende o que a minha mente não compreende.
                
      Meus sentimentos estão guardados na alma, e não no coração, este que pulsa por anos, um intriunfável ser que sustenta a vida dentro de um corpo, mas depois jaz como se nunca houvesse intragavelmente trabalhado, mas minha alma ainda sim nunca parará de lutar.

Lisandra P.
                  



Nenhum comentário:

Postar um comentário