Paginas

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Cônjuges!




Estava eu presente em um casamento, horas depois me deparei refletindo sobre o ocorrido.
Em uma festa de casamento, onde os lábios se abrem em sorrisos felizes, a noiva chega de braços dado com alguém e sem querer as vezes uma lagrima desce dos olhos em saber que uma etapa está sendo concluída e outra etapa sendo começada, e pensar que logo ali a frente está uma pessoa a quem você vai ter que passar ao lado toda a sua vida;
Tem gente que casa no ar, criando tantas fantasias e ilusões, pensando só em momentos felizes, sorrisos alegres, achando que todo o dia viverá um lindo romance e sentindo a princesa dos contos de fadas ou o príncipe encantado que achou entre as mais bela a sua amada, pensando que sempre terá elogios intermináveis; essas pessoas com o passar do tempo sem ao menos perceber vão vendo que jamais conseguirá criar moradias nas nuvens, por que quando vão ver as nuvens se desfaz e caindo a chuva levando consigo todos os sonhos um dia construídos.
Mas sábios são aqueles que tem os pés no chão e constroem seus alicerces na terra firme e ao olhar para o futuro já pensa no que virá pela frente, grandes dificuldades, onde há momentos em que não haverá sorrisos felizes para que possa comtemplar e as vezes no nervoso o elogio é substituído por algo não aprazível.
Então bom seria se todos pensassem no Casamento como se fosse uma montanha Russa em que ao mesmo tempo que você está em cima você está em baixo, em que a adrenalina da vida é compulsiva, e na cadeira a trava chamada Amor não pode soltar, por que senão os dois cairá o e baque dos tombos sendo grande, vidas separadas e acabadas, e em silêncio veladas com grande lagrimas e tristes despedidas, sendo assim o tão falado divórcio!
Não basta serem Amores, mas sim Amigos!

Lisandra P.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Fleuma



Às vezes o que mais queremos é o simples, ficar com o cabelo preso em um coque legalmente redondo, deitar em algum lugar vendo o tempo passar, sentar e inventar versos fútil para uns e bacanas para outros,imaginar coisas loucas e repetir na mente incansáveis histórias, criar sonhos falsos pra quem vê, e verdadeiros pra quem sente!
As vezes só queremos nada mais que a PAZ...

Lisandra P.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Nada Mais,Nada menos,Apenas Palavras...



Palavras o que temos a dizer delas? Mas o que seriamos sem elas? E o que elas realmente seriam?
Palavras seria cada momento do dia, seria o desabafo entre amigos, uma história antiga contada pelos velhinhos numa noite de céu estrelado, confissões de erros cometidos, a mentira e a verdade, a lousa de uma sala de aula, palavras seria o mudo falando em libras o quanto ele é feliz apesar de não poder ouvir o som da sua própria voz, mas ele está ali entre gestos e dedos dizendo que vale apena viver.
Palavras é uma misturas de coisas inacabadas, a voz no coração dizendo sim, a mente dizendo não, a oração daquele que acha que nada tem mais jeito e que é o fim, mas ele está ali -Senhor preciso mais do que tudo de ti...
O grito do socorro de alguém que não quer perder a vida, a criança pedindo o leite e o mendigo pedindo o pão do dia, os códigos mais secretos do mundo, o tolo dizendo o que não devia e o segredo sendo contado á uma pessoa que jamais o guardaria, o Eu Te Amo entre os amados, a discussão entre pais e filhos entre cônjuges e entre amigos, a multidão gritando pelos seus direitos e a mentira na boca dos políticos.
Um adeus a um alguém especial que partiu, ou um seja bem vindo a um alguém que acabou de chegar a mundo; Poetas escrevendo as mais belas poesias, e as cartas de amor guardadas na gaveta cheirando a poeira e o SMS recebido no meio da noite, os salmos da Bíblia que é lida e relida;
E Deus sempre dizendo para você continuar e não parar porque a vitória vai chegar, e embora o seu ouvido não consiga ouvi-lo mas seu coração está ali escutando e sentido
Termino esse texto em palavras embora não foram todas mostradas, algumas nós mostramos e outras devemos guardar conosco, porque sábio é aquele que sabe a hora certa de pronuncia-las.

Lisandra P.